Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Amazon atingiu sua meta de energia renovável sete anos mais cedo do que o previsto, conseguindo equiparar toda a eletricidade consumida por suas operações com energia 100% renovável. O anúncio é parte de várias atualizações do recém-lançado relatório anual de sustentabilidade da companhia.

Aqui no Brasil, a Amazon investiu em dois projetos de energia renovável que estão ajudando a fortalecer as operações locais da empresa – incluindo data centers, prédios comerciais e centros de distribuição – com energia renovável. A iniciativa inclui um parque solar de 122MW, com investimento de R$ 2 milhões em programas de proteção ambiental durante a fase de construção; e um parque eólico de 49.5MW, localizado no complexo eólico do Seridó, no interior do Rio Grande do Norte. Os dois projetos combinados têm capacidade de gerar mais de 530 GWh de energia limpa anualmente e abastecer 100 mil casas brasileiras.

Globalmente, a Amazon já investiu bilhões de dólares para viabilizar mais de 500 projetos solares e eólicos, que juntos são capazes de gerar energia suficiente para abastecer o equivalente a 7,6 milhões de residências nos EUA.

A Amazon também lançou um novo site, grátis e público chamado “Amazon Sustainability Exchange”, para prover recursos para empresas de todos os tamanhos com objetivo de ajudá-las a progredir em direção às suas próprias metas de carbono líquido zero. A Amazon também fez avanços substanciais para descarbonizar sua frota de transporte e entrega, colocando mais de 24.000 veículos elétricos de entrega nas ruas de todo o mundo.