Preço horário: ter ou não ter, eis a questão

A data para o CPAMP tomar a decisão acerca do preço horário se aproxima, agentes apontam a necessidade de que se realize mais testes para validar o modelo Dessem, mas há uma corrente que apoia a sua introdução já em janeiro de 2020

Cadastre-se GRATUITAMENTE ou faça seu login para acessar esse conteúdo

Veja as vantagens de ter um cadastro gratuito:

  • Acompanhar até 5 conteúdos fechados por mês
  • Receber nossas newsletters
  • Ficar por dentro dos cursos e eventos do CanalEnergia
Cadastre-se agora mesmo!
CPF já cadastrado. Clique aqui para fazer login ou recuperar sua senha.
Já sou cadastrado, fazer login