Enel Green Power coloca mais uma usina do complexo eólico Serra Azul em operação

EOL Damascena é a segunda de quatro eólicas a operar que formam cluster de US$ 220 milhões

A Enel Green Power iniciou a operação comercial da EOL Damascena, de 30 MW, que fica localizada na cidade de Cafarnaum, na Bahia. A eólica é a segunda das quatro usinas que fazem parte do complexo eólico Serra Azul, de 118 MW, a entrar em operação. As outras usinas do complexo são Maniçoba (30 MW), Esperança (28 MW) e Dois Riachos (30 MW), sendo que este último também já gera energia.

A EOL Damascena vai ser capaz de gerar 140 GWh por ano, o suficiente para abastecer o consumo de 70 mil residências e evitar o despejo de 80 mil toneladas de carbono na atmosfera. A EGP está investindo US$ 220 milhões no complexo Serra Azul. Quando todo o cluster entrar em operação, ele será capaz de gerar mais de 500 GWh por ano. O montante pode suprir 240 mil famílias e evitar a emissão de 300 mil tonelada de carbono. O investimento está financiado por meio de empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, pelo Itaú AS e pelo International Finance Corporation.

Com a entrada em operação dessa eólica, a Enel Green Power alcança 264 MW de capacidade eólica na Bahia, onde ela também constrói as eólicas Cristalândia (90 MW) e Delfina (180 MW). No mesmo estado, ela dá sequência a implantação das usinas solares Ituverava (254 MW) e Lapa (158 MW), além de outros 172 MW eólicos e 103 MW solares viabilizados em leilões de energia.

A Enel Green Power no Brasil tem uma capacidade instalada de 546 MW. Deste total, 401 MW vêm de projetos eólicos, 12 MW de usinas solares e 133 MW em PCHs. Além dessas usinas, ela tem atualmente em execução 442 MW de energia eólica, 102 MW de hidrelétricas e 807 MW de projetos de energia solar.