Chuvas obrigam AES Tietê abrir comportas de duas hidrelétricas

Ação é necessária para controle dos níveis dos reservatórios, que estão acima de 90%.

O grande volume chuvas que tem caído sobre os reservatórios das hidrelétricas Barra Bonita (SP-140 MW) e Promissão (SP-264 MW) obrigou a AES Tietê a abrir as comportas das usinas. A partir desta sexta-feira, 3 de junho, a vazão em Promissão passou de 1.147 m³/s para 1.855 m³/s e em Barra Bonita saiu de 632 m³/s para 1100 m³/s.  Segundo a companhia, essa ação é necessária para controle dos níveis dos reservatórios, que estão acima de 90%.
 
“Choveu muito na área de atuação da AES Tietê nos últimos dias. Por isso, teremos de aumentar a vazão de água. A usina segue operando normalmente, de acordo com o despacho do Operador Nacional do Sistema”, explica Sergio Silva, gerente de Gestão da Operação.
 
A abertura das comportas é um procedimento de segurança padrão para todas hidrelétricas do país, realizada para controle do nível dos reservatórios. Antes do início da abertura, é feita uma inspeção visual na saída das comportas e é acionada sirene para alertar a população no entorno da usina, com alcance de 3 km. Segundo a AES, essa abertura ocorre de forma gradativa para que a vazão da água seja liberada dentro do fluxo adequado para operação de cada usina, contribuindo para a segurança dos moradores da região e atendendo as normas do setor elétrico.