Eletrosul vai investir em gerenciamento de resíduos

Objetivo é tornar sua sede em Santa Catarina mais sustentável

A Eletrosul anunciou que investirá em um projeto para o gerenciamento dos resíduos sólidos de seu edifício sede na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina. O contrato com a Empresa Júnior de Engenharia Sanitária e Ambiental (EJESAN), vinculada à Universidade Federal de Santa Catarina, foi assinado nesta semana.
 
Durante três meses, técnicos da EJESAN estarão efetuando um diagnóstico sobre os processos de armazenamento, encaminhamento e transporte de resíduos sólidos produzidos na sede da Eletrosul, visando à adoção de práticas sustentáveis e ambientalmente adequadas para a gestão desses resíduos, incluindo ações de educação ambiental e conscientização das pessoas que trabalham nas instalações da empresa localizada na capital catarinense.
 
Para o gerente da Assessoria de Gestão Empresarial da Eletrosul, Jorge da Silva Mendes, a adoção do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos será mais uma ação empresarial voltada à preservação do meio ambiente, alinhada a política ambiental que norteia as empresas Eletrobras. O contrato de parceria com a EJESAN é parte das ações alusivas a Semana do Meio Ambiente encerrada nesta sexta-feira, 10 de junho, que também contemplou palestras, oficinas e visitas técnicas.