PED-SP recomenda retomada de privatização da Cesp

Diretor de RI já havia revelado que mudança no cenário fortalecia possibilidade

A Cesp enviou comunicado ao mercado na última terça-feira, 23 de agosto, informando que o Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização decidiu recomendar ao governo do estado de São Paulo a retomada dos trabalhos e estudos necessários para a privatização da empresa. A empresa já estava inserida no PED-SP e até então não havia orientação para a venda.

Com o fim das concessões das usinas de Ilha Solteira e Jupiá, a geradora perdeu 75% da capacidade do seu parque. Ela já havia sinalizado que até o fim do ano tomaria alguma decisão sobre quais rumos iria tomar. Em conferência com analistas na última semana, o diretor de relações com investidores, Almir Martins, revelou que a privatização seria uma decisão do seu acionista controlador. O executivo também destacou na ocasião que a mudança do ambiente, com o fim da crise hídrica e a não renovação das concessões, tornava a operação de venda possível.