Eletronuclear é a primeira estatal brasileira a receber selo de Operador Econômico Autorizado

Empresa recebeu o certificado da Receita Federal

A área de Controle Contratual da Eletronuclear, responsável pela importação e exportação de equipamentos e serviços, recebeu o selo Operador Econômico Autorizado (OEA), da Secretaria de Receita Federal, em reconhecimento à prática de rotina que proporciona maior agilidade e previsibilidade ao fluxo de comércio exterior.

O selo trata-se de uma certificação que se refere à boas práticas de comércio exterior, ou seja, significando que a empresa é uma operadora de baixo risco. O selo garante alguns benefícios como a agilidade nos fluxos do comércio internacional e facilitação dos procedimentos aduaneiros.

As empresas contempladas com o OES são reconhecidas internacionalmente como portadoras de confiabilidade e excelência nas atividades de importação e exportação, o que facilita a atividade. Hoje, 84 empresas operadoras alocadas no Brasil, são portadoras do selo OEA. A Eletronuclear é a primeira estatal brasileira a ter esse reconhecimento da Receita Federal.