Tarifas da Coelce terão aumento médio de 12,97%

Energia das cotas teve impacto de 7% no reajuste anual da distribuidora

A Coelce (CE) foi autorizada a aplicar aumento médio de tarifas de 12,97% no próximo dia 22, com efeito médio de 11,51% para os consumidores conectados em alta tensão e de 13,64% para os clientes atendidos em baixa tensão. O reajuste tarifário anual da distribuidora cearense foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica nesta terça-feira, 19 de abril.

Entre os fatores que contribuíram para o aumento da tarifa está o custo de aquisição da energia das cotas, que teve impacto da ordem de 7%. Em reais, o valor médio dessa energia passou de R$ 31/MWh para R$ 60,44/MWh. O impacto das cotas resultou em aumento de 10,2% no custo do mix de compra de energia da empresa.

Os encargos setoriais também cresceram 10,5%, com destaque para o encargo referente à energia de reserva, que aumentou 87%. Houve redução de quase 30% na cota da Conta de Desenvolvimento Energético referente à Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição, além da retirada de despesas financeiras de 7,07%. A distribuidora fornece energia para 3,4 milhões de unidades consumidoras no estado do Ceará.