Suape exporta pás eólicas da LM Wind Power para EUA

Compra foi feita pela GE e operação logística é executada pela Localfrio Suape. Equipamentos pesam 627 toneladas

O Porto de Suape, em Pernambuco, está exportando 51 pás eólicas para os Estados Unidos. A GE comprou os equipamentos construídos pela LM Wind Power e negociou com representantes do EUA. Em seguida, a GE contratou os serviços da Localfrio Suape para comandar o processo de armazenamento das cargas e de logística para a exportação das pás. Os equipamentos pesam o equivalente a 627 toneladas em volume de carga e cada lâmina chega a medir entre 40 a 70 metros.

Para Suape, a novidade representa um ganho significativo nas movimentações. De acordo com Paulo Coimbra, diretor de gestão Portuária do Complexo, operações como essa são possíveis porque o Porto de Suape conta com boa infraestrutura portuária. Segundo ele a união de diversos atores na operação como a mão-de-obra oferecida pelo Órgão Gestor de Mão de Obra do Porto de Suape e o acesso fácil ao Porto, também contribuem.

Segundo Ricardo Oshiro, superintendente da Localfrio Suape, a situação cambial, desfavorável para as importações, vem favorecendo muito a exportação de produtos brasileiros. Em 2015, o Porto de Suape embarcou 1 milhão de toneladas de cargas para a exportação. Os países que mais receberam cargas embarcadas em Suape foram Antilhas Holandesas, Holanda, Argentina, Itália e Espanha.