MME garante segurança do fornecimento de energia durante Olimpíadas

Secretário-executivo visitou instalações no Parque Olímpico e se reuniu com autoridades no Rio de Janeiro

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, avalia que o fornecimento de energia elétrica para atendimento dos Jogos Olímpicos 2016 estará garantido. Nesta segunda-feira, 28 de março, ele e o secretário de Energia Elétrica do MME, Ildo Grudtner, visitaram as instalações da Subestação Olímpica, no Parque Olímpico na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e verificaram que o cronograma das obras está dentro do previsto. A comitiva teve reunião na sede do governo do estado, presidida pelo governador em exercício, Franciso Dornelles e representante de ministérios e da Autoridade Pública Olímpica.

“Estamos absolutamente seguros de que vamos estar com tudo isso pronto antes do prazo. Felizmente, os orçamentos foram cumpridos e isso mostra a capacidade que nós temos de fazer as coisas quando elas são bem planejadas. Realmente é surpreendente todo esse complexo e o quanto se necessita de energia para poder fazer frente a um evento desse porte, como as Olimpíadas, o numero de países que estarão aqui, a quantidade de energia necessária. Mas nós temos certeza que vai correr tudo bem", afirmou Barata.

A construção da SE Olímpica foi viabilizada por Sociedade de Propósito Específico Energia Olímpica, composta por Light (51%) e Furnas (49%). O empreendimento foi concluído em 31 de maio de 2015. Acompanharam a visita técnica representantes das empresas participantes da SPE. A SE Olímpica é uma subestação transformadora de alta (138 kV) para média tensão (13,8 kV), com potência total de 120 MVA. O empreendimento conta com três transformadores trifásicos (138/13,8 kV de 40 MVA cada), isolados a óleo vegetal, 51 módulos de 13,8 kV, seis conjuntos de bancos de capacitores, além de sistema digital para proteção e automação.

Durante a reunião na sede do Governo do estado do Rio de Janeiro, o secretário-executivo reforçou que não haverá problemas com o fornecimento de energia para os jogos, com as instalações sendo feitas dentro do cronograma e a contento, com redundância de atendimento e cumprindo os requisitos do Comitê Olímpico Internacional.

“Temos convicção de que não teremos risco ao suprimento de energia”, disse Barata. Ao final da reunião, em fala à imprensa, o secretário-executivo reforçou a confiança no atendimento elétrico para o evento, após visita às instalações do Parque Olímpico. “Constatamos que tudo está correndo absolutamente bem. A SE Olímpica foi inaugurada em maio do ano passado, com quase um ano de antecedência dos jogos e cumprindo o cronograma do COI. A implantação da energia temporária também segue o cronograma e nossa absoluta segurança é de que tudo estará pronto para os jogos olímpicos”, afirmou o secretario-executivo.

Barata lembrou que haverá esquema especial para o fornecimento de energia durante as Olimpíadas e Paralimpíadas, com atenção especial ao Rio durante os jogos. Light e Furnas terão regime diferenciado, com operadores em todas as instalações, mesmo aquelas que podem ser operadas remotamente. Mais equipes serão destacadas para operação in loco em pontos próximos aos jogos. A manutenção das instalações elétricas também terá tratamento diferenciado, dois dias antes e dois depois dos jogos.