Desligamento deixa Angra 1 fora do SIN

Sistema de proteção do gerador atuou para desarme do reator. Não houve corte de carga no SIN

A usina de Angra I foi desligada do Sistema Interligado Nacional no último sábado, 24 de outubro, às 8:11 da manhã. Segundo a Eletronuclear, o desarme do reator ocorreu devido à atuação do sistema de proteção do gerador elétrico principal. Não houve corte de carga no SIN em função do desligamento.

De acordo com informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico, às 22:21h a unidade geradora da usina foi sincronizada, mas às 22:46h houve um novo desligamento automático, que deixou a usina desligada e sem previsão de retorno. Os técnicos da Eletronuclear já estão investigando a causa do problema e trabalhando nos reparos necessários. A Eletronuclear informou que o ocorrido não trouxe risco aos trabalhadores, à população ou ao meio ambiente.