MME autoriza Compagás a importar GNL

Empresa poderá adquirir do exterior um volume de 1,17 milhão de m³/ano

O Ministério de Minas e Energia autorizou na última quarta-feira, 30 de setembro, que a Compagás importe Gás Natural Liquefeito de qualquer país. O aval permite que a empresa compre um volume de 1,17 milhão de m³ do recurso por ano, o equivalente a 1,9 milhão de m³ de gás natural por dia. O GNL chegará no Brasil pelos portos do Rio de Janeiro, Ceará e da Bahia. As especificações técnicas do gás natural deverão estar de acordo com a Resolução nº 16 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, de 17 de junho de 2008. A autorização possui validade até 30 de setembro de 2017.