Leilão de LTs: Lote F também não tem disputa

RAP máxima do projeto, que abarcar quatro estados do Nordeste, era de R$ 98.537.258,78

O lote F do leilão de transmissão é o quinto a não atrair interessados entre os seis ofertados até agora. A receita anual permitida máxima era de R$ 98.537.258,78. O lote é composto por 582 quilômetros de linhas de transmissão e 400 MVA de potência, que se espalham por Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Sergipe. A operação comercial estava prevista para 20 de maio de 2019. Veja a descrição do lote:

LT 500 kV Paulo Afonso IV – Luiz Gonzaga C2, com 37 km
LT 500 kV Xingó – Jardim C2, com 160 km
LT 230 kV N. Sra do Socorro – Penedo C2, com 110 km
LT 230 kV Caetés II – Arcoverde II, com 56 km
LT 230 kV Garanhuns II – Arcoverde II, com 93 km
SE 230/69 kV Arcoverde II – 2×100 MVA
SE 230/69 kV Garanhuns II – novo pátio 69 kV
LT 500 kV Campina Grande III – Pau Ferro, com 127 km