Santo Antônio consegue liminar para fator de disponibilidade e deposita R$ 98,3 mi na CCEE

Liquidação envolvia pagamento de R$ 447,8 milhões, mas cálculos da empresa feitos com base na decisão judicial avaliou crédito em R$ 349,5 milhões

A Santo Antônio Energia informou em comunicado ao mercado na última terça-feira, 4 de agosto, que obteve liminar favorável sobre processo judicial relacionado aos efeitos do Fator de Disponibilidade. De acordo com o comunicado, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica foi oficialmente comunicada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região dessa decisão. A CCEE informou a SAESA o valor de R$ 447,8 milhões para a liquidação do mercado de curto prazo de junho, sem considerar os efeitos dessa decisão judicial.

Diante da falta de liquidez relacionada à apuração da CCEE, a companhia promoveu o cálculo dos valores do crédito dela decorrente da decisão judicial e avaliou esse crédito em aproximadamente R$ 349,5 milhões. Sendo assim, a SAESA fez o depósito de R$ 98,3 milhões, correspondentes ao valor remanescente, após a dedução de seu crédito decorrente da liminar.