Hidrelétricas da CPFL Energia lideram índice de disponibilidade em 2014

Ranking da Abrage mostra que disponibilidade do parque gerador da empresa foi de 97%, contra média de nacional de 92,1%

A CPFL Energia registrou o maior índice de disponibilidade de hidrelétricas entre os grandes geradores do país em 2014, de acordo com ranking elaborado pela Associação Brasileira das Empresas Geradoras de Energia Elétrica. O nível de disponibilidade do parque gerador hídrico da companhia foi de 97% no ano passado, contra uma média nacional de 92,1% no período.
 
De acordo com Fernando Mano, presidente da CPFL Geração, o resultado reforça que a CPFL Energia é um dos operadores mais eficientes no segmento de geração. O grupo é, hoje, o segundo maior player privado do país no segmento, com uma capacidade instalada de 3,119 mil MW, sendo 2 mil MW de hidrelétricas de grande porte. O nível de disponibilidade de 97% indica que as unidades geradoras das usinas estiveram disponíveis para produzir energia durante 97% do tempo no ano.
 
Segundo o ranking da Abrage, a disponibilidade das hidrelétricas da CPFL Energia foi de 97,6% para as usinas que possuem unidades geradoras com capacidade de 30 MW e 59,9 MW, ao passo que a média do setor foi de 92,9%. Já para os empreendimentos com máquinas entre 60 MW e 199,9 MW, a disponibilidade do grupo foi de 96%, enquanto que a média dos demais grandes geradores foi de 90,2%. Entre os projetos com turbinas de 200 MW a 499,9 MW, o resultado da CPFL Energia foi de 97% e a média do setor, 91%.
 
Para alcançar esses indicadores, a companhia vem desenvolvendo uma série de iniciativas na gestão das usinas. Entre as ações executadas estão: revisão constante dos planos de manutenção das unidades geradoras; aplicação de técnicas preditivas através da utilização de sistemas de monitoramento e diagnóstico on-line; e otimização dos níveis operacionais das usinas, buscando uma maior flexibilidade operativa.

O parque gerador hidrelétrico da CPFL Energia está localizado nas regiões Sul, Centro-Oeste e Norte do país. A companhia detém participação acionária nas hidrelétricas Barra Grande (RS/SC), Campos Novos (SC), Foz do Chapecó (SC/RS),  Serra da Mesa (GO) e Lajeado (TO). As UHEs 14 de Julho, Castro Alves, Monte Claro, no Rio Grande do Sul formam o Complexo Rio das Antas.  Em razão do alto nível de disponibilidade, aliada à hidrologia favorável na região Sul do país, a produção total das hidrelétricas da companhia foi de 25,594 mil GWh em 2014, crescimento de 11,3% na comparação com os 22,997 mil GWh gerados em 2013.