Aneel autoriza início de operação comercial de eólicas no RN

PCH em Goiás tem unidade geradora liberada pela agência

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para o último sábado, 30 de maio, o início da operação comercial das EOLs Riachão II, IV, VI e VII, todas localizadas no município de Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte. Na eólica de número II, foram liberadas dez unidades geradoras (UG1 a UG10), que somam 27 MW de potência. Já nas EOLs Riachão IV, VI e VII, a Agência aprovou a operação de onze turbinas (UG1 a UG11) em cada uma, com uma capacidade instalada total de 29,7 MW em cada usina.

A Aneel autorizou ainda o início da operação comercial da unidade geradora (UG1) da PCH Tamboril, em Goiás. A potência instalada da turbina chega a 7,3 MW. Os despachos foram publicados no Diário Oficial da União da última segunda-feira, 1º de junho.