Furnas conclui modernização de subestações em Minas Gerais e no Rio de Janeiro

Companhia também substituiu bancos de transformadores da subestação São José, na Baixada Fluminense

Furnas finalizou a substituição de três para-raios da Linha de Transmissão Luiz Carlos Barreto de Carvalho – Poços de Caldas I (LTLBPC1). Esta foi a última substituição de equipamentos realizada para a primeira etapa da modernização da SE Poços de Caldas, que contou com 25 intervenções para aumentar a confiabilidade do fornecimento de energia elétrica, reduzindo o risco de ocorrências para o Sistema Elétrico, assim como os custos de manutenção. A nova configuração da SE entrou em operação comercial em 31/05/2017.

A ação envolveu cerca de 30 profissionais e demandou investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões na aquisição de equipamentos, obras civis e montagem eletromecânica.

O escopo dos serviços referentes a esta etapa de modernização da subestação contemplou a substituição de 10 (dez) chaves seccionadoras de 500kV, 5 (cinco) chaves seccionadoras de 138kV e 2 (duas) chaves seccionadoras de 15kV, além da substituição de para raios, totalizando 12 (doze) unidades de 500kV, 39 (trinta e nove) de 345kV,  15 (quinze) de 145kV e 12 (doze) de 15kV.

Já no Rio de janeiro, a empresa concluiu a transferência do vão da Linha de Transmissão Grajaú – Frei Caneca 5 para a nova Subestação Blindada Isolada a Gás (GIS) do setor de 138 kV. Assim como nas etapas anteriores, a mudança demandou um curto período de intervenção, pois a SE Grajaú é uma das mais importantes subestações da região metropolitana do Rio, responsável por fornecer energia elétrica para as Zonas Sul, Norte e Oeste da cidade do Rio de Janeiro. A nova configuração da SE Grajaú foi concluída em 30/05/2017.

A ação conta com a participação média de 100 profissionais e investimentos de R$ 130 milhões. A conclusão da transferência de todas as cargas para a nova GIS está prevista para 30/10/2017, o que trará maior confiabilidade para a SE Grajaú e, por consequência, para o abastecimento de energia elétrica para a cidade do Rio de Janeiro.

Em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, Furnas concluiu a substituição da Fase B do Banco de Transformadores TR 14 da Subestação de São José, localizada em Belford Roxo, Baixada Fluminense. O escopo total dos serviços contemplou a substituição de todas as unidades dos bancos TR13 e TR14 e a instalação de mais uma unidade reserva. O TR 14 retornou para operação comercial em 31/05/2017.

A ação demandou investimentos de aproximadamente R$ 54 milhões e contou com a participação de cerca de 50 profissionais. A alteração aumenta a confiabilidade da operação da Subestação de São José, melhorando o abastecimento de energia elétrica para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro através de conexão com a distribuidora local.