CEEE Distribuição recebe segundo transformador para nova subestação de Porto Alegre

Equipamento de 64 toneladas será descarregado no próximo domingo (29); Subestação Porto Alegre 7 tem previsão de início de operação para início de 2018

A CEEE Distribuição informou nesta sexta-feira, 27 de outubro, que no próximo domingo (29), receberá o segundo transformador da Subestação Porto Alegre 7. A unidade é uma das obras em construção pela companhia e integra o plano de expansão do sistema de distribuição de energia elétrica da capital gaúcha. O equipamento possui 50 MVA de potência e 64,5 toneladas e está sendo transportado da cidade de Cornélio Procópio (PR).

Este será o segundo transformador de grande porte que será descarregado na Subestação. O deslocamento da carreta, que ingressará na capital gaúcha pela Avenida Assis Brasil, passando pelas Avenidas Sertório, Farrapos, Ramiro Barcelos e Voluntários da Pátria, 1640, destino final, inicia às 8h30. Agentes da EPTC e equipes da CEEE farão o acompanhamento e monitoramento do trânsito e da rede elétrica durante o trajeto.

A Subestação Porto Alegre 7 tem previsão de entrada em operação para início do próximo ano. O empreendimento integra o Programa Pró Energia RS Distribuição e conta com financiamento do BID e da Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD. Assim que estiver concluída, será uma das maiores subestações de distribuição de Porto Alegre, com dois transformadores de 50 MVA de potência e 32 alimentadores (redes de média tensão) de 13,8 kV.

Além dos transformadores, outros equipamentos que integram o projeto já estão sendo entregues na empresa, como painéis de telecomando e de proteção, itens já em testes em laboratório da empresa. Com o crescimento da demanda, a unidade terá capacidade de ampliação, podendo receber mais um transformador de 50 MVA, totalizando, no futuro, uma capacidade de 150 MVA de potência.

A nova SE será responsável por aumentar de forma direta a confiabilidade e a segurança do sistema energético da Capital, melhorando a qualidade da energia para aproximadamente 110 mil clientes da capital. A obra permitirá ainda disponibilizar carga para o crescimento do mercado, em especial aos bairros Centro, Floresta, Independência e Navegantes.

Conforme o último relatório de obras, a construção do empreendimento está com 75% das obras civis executadas. A previsão é chegar a 80% até o final de outubro. O valor total do projeto, que inclui também recursos já aplicados pela CEEE-D na implantação de uma Linha de Transmissão de 69 kV entre as Subestações Porto Alegre 9 e Porto Alegre 7, infraestrutura subterrânea com seis quilômetros de extensão, é de R$ 47,9 milhões.