PLD cai 54% em todos os submercados

Principal motivo para a queda do preço é a melhora nas afluências previstas para o SIN, que ficarão próxima a média em novembro

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informou que o Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 25 de novembro e 1º de dezembro caiu 54% em todos os submercados, ao passar de R$ 449,83/MWh para R$ 208,53/MWh no Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte e para R$ 208,52/MWh no Sul. A carga pesada e média está cotada a R$ 209,92/MWh e a leve a R$ 206,09/MWh. A diferença da região Sul acontece nas cargas pesada e média a R$ 209,91/MWh.

Segundo a CCEE, o principal motivo para a queda do preço é a melhora nas afluências previstas para o Sistema Interligado Nacional que devem fechar novembro em 96% da Média de Longo Termo, acima da média no Sudeste (102%) e no Sul (132%). Para dezembro, a expectativa é de ENAs em 94% da MLT, com índices em 100% da MLT no Sudeste e em 125% no Sul. As afluências devem se recuperar, mas ainda permanecem abaixo da média no Nordeste (58%) e no Norte (62%).

Já a expectativa de carga para o SIN, na próxima semana, deve ficar em torno de 1.100 MWmédios mais baixa com redução esperada em todos os submercados: Sudeste (-850 MWmédios), Sul (-45 MWmédios), Nordeste (-130 MWmédios) e Norte (-75 MWmédios).

Os níveis dos reservatórios do Sistema ficaram cerca de 930 MWmédios mais altos frente à última previsão, com elevações no Sudeste (+205 MWmédios), Sul (+260 MWmédios), Nordeste (+365 MWmédios) e Norte (+100 MWmédios).

O fator de ajuste do MRE previsto para novembro é de 67,3% e o índice para dezembro é esperado em 80,7%. A previsão de Encargos de Serviços do Sistema para novembro é de R$ 35 milhões, sendo metade do montante referente à restrição operativa e a outra metade à segurança energética. Já para dezembro, a previsão é nula.