Aumento de capital da Cemig é de R$ 1,1 bilhão

Prazo de exercício de direito de subscrição das ações terminou em 29 de novembro

A Cemig encerrou em 29 de novembro o prazo de exercício do direito de preferência para a subscrição de ações relativas ao aumento de capital aprovado na Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 26 de outubro. A companhia reportou que houve uma entrada de capital no caixa no montante de R$ 1,1 bilhão.

Durante o período de exercício do direito de preferência foram subscritas 50.106.730 ações ordinárias, volume que representa 74,95% da proposta de emissão e mais 118.949.754 de ações preferenciais, representando 89,39% da proposta. As 16.742.775 ações ordinárias e 14.111.688 ações preferenciais que não foram subscritas são classificadas como sobras.

A maior parte dos acionistas que exerceram seus direitos de subscrição fizeram-no também quanto as sobras. A proporção é de 18,36775911900 % das ações ordinárias subscritas por ele no período de preferência e de 11,91667868600 % das ações preferenciais subscritas, nesse caso ainda é possível subscrever ações ordinárias na proporção de 6,45108043300% das ações preferenciais. O prazo é até o dia 7 de dezembro.