Indra fecha 2017 com crescimento de 50% nos negócios na área de energia

Empresa encerrou último ano fiscal contabilizando contratos com mais de 40 empresas e concessionárias de energia

A Indra, provedora de serviços de tecnologia no setor elétrico e em demais áreas, contabiliza em 2017 um crescimento de 50% no segmento energético no país. A empresa encerrou o último ano fiscal contabilizando contratos com mais de 40 empresas e concessionárias de energia, abarcando soluções de gerenciamento de infraestruturas de TI, consultoria tecnológica em processos de BPO e provimento de service desk, que contam com o centro de tecnologias energéticas em Campinas (SP) para abastecer os negócios no Brasil e em países da América Latina, África e Europa.

Entre as soluções desenvolvidas no país, voltadas para o setor elétrico, está o InGRID, que permite às companhias do setor de energia gerenciar a operação e manutenção de suas redes de distribuição por meio de um modelo de controle e gestão das redes elétricas. A tecnologia incorpora o conceito das smart grids aos processos de planejamento, desenvolvimento, manutenção e operação, incluindo uma plataforma baseada em uma arquitetura IoT (Internet of Things), que permite oferecer gestão de eficiência energética para grandes clientes e também para unidades residenciais.

Na área de service desk, a Indra opera a maior central do país, para a uso exclusivo da Petrobras. Localizada em Campos dos Goytacazes (RJ), a unidade conta com uma equipe de mais de 1.000 profissionais e mais de 125 mil atendimentos a cerca de 90 mil usuários. Com capacidade para funcionar de forma isolada, sem depender de qualquer fornecedor de serviço externo e de forma continuada, o centro trabalha desde 2013 sem interrupções, atendendo a profissionais distribuídos em diversos estados das regiões Norte, Nordeste, além de Espírito Santo e da Bacia de Campos.

A Indra fechou, em julho, um contrato para o gerenciamento dos serviços administrativos nos campos de infraestruturas e de redes, bem como na área de recursos humanos, de uma das maiores distribuidoras de energia elétrica do país. Através do iGlobal, ferramenta de robotização de processos, a empresa otimiza as tarefas repetitivas de back-office empregando automação. Já o M4P permite controlar os fluxos de trabalho, facilitando a distribuição de tarefas entre os colaboradores e emitindo relatórios exatos sobre o status das operações e da produção realizada e ainda em aberto.

Os serviços na concessionária preveem ainda o gerenciamento de mais de três milhões de operações por ano, tais como aprovação de pedidos de interrupção de abastecimento, solicitações de ordens de serviço, reclamações, monitoramento de veículos, acompanhamento de obras e registro de incidentes, entre outros. Além disso, a Indra também será a responsável por acelerar os procedimentos de suporte administrativo para os processos jurídicos relativos a reclamações de clientes e outros das áreas de abastecimento, mercado, instalações e gerenciamento de patrimônio da companhia.