Canadian Solar conclui venda de parque solar em MG para GPG

Guimarânia vai ficar com subsidiária da Gas Natural Fenosa. Usina vai receber equipamentos da fabricante

A fabricante de equipamentos fotovoltaicos Canadian Solar concluiu a operação de venda no projeto solar Guimarânia para a Global Power Generation, subsidiária do grupo espanhol Gas Natural Fenosa. O projeto tem 80,6 MWp, é expansível para 83 MWp, está em construção e deverá entrar em operação comercial até dezembro deste ano. A Canadian vai fornecer para a usina os módulos “MaxPower”, de alta eficiência.

O projeto está localizado no estado de Minas Gerais e foi viabilizado no Leilão de Reserva de 2015. Concluído, ele vai gerar 162.471 MWh por ano e contribuirá para a meta do país de obter 23% da sua energia a partir de fontes renováveis até 2030. De acordo com Shawn Qu, Presidente e Diretor Executivo da Canadian Solar, a venda de Guimarânia é mais uma demonstração do forte potencial do mercado solar no Brasil e do sucesso contínuo da Canadian. Esse é o quarto projeto que a empresa desenvolve e comercializa no país. A Canadian Solar já desenvolveu mais de 955 MWp de projetos solares.

Pelo lado da GPG, Luis Noguera, diretor executivo da empresa, explica que a aquisição vai reforçar o compromisso dela com a geração renovável na América Latina, dobrando sua geração no mercado brasileiro desde as incursões em 2017. Segundo ele, é a hora certa para a GPG introduzir inovações tecnológicas para trazer energia renovável de qualidade para as comunidades onde ela opera no Brasil.