CPAMP oficializa adiamento do preço horário para 2020

Medida foi revelada durante o Enase 2018 pelo presidente do conselho da CCEE

A Comissão Permanente para Análise de Metodologias e Programas Computacionais do Setor Elétrico (CPAMP) oficializou a postergação da implementação do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) em etapa horária para janeiro de 2020. Essa medida foi anunciada durante o Enase 2018, em 23 de maio pelo presidente do Conselho de Administração da CCEE, Rui Altieri Silva.
Em nota o grupo afirmou que “analisando o andamento dos trabalhos, bem como os resultados até o momento da operação sombra, o Operador Nacional do Sistema Elétrico e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica entenderam que, para a utilização do DESSEM na programação diária da operação e cálculo do PLD horário, há a necessidade de aprimoramentos no modelo, de forma a melhor representar alguns aspectos da realidade operativa do Sistema Interligado Nacional.”
A justificativa é de que embora os aprimoramentos integrem o escopo de implantação do DESSEM, os prazos para sua implementação, aprovação da metodologia e disseminação junto aos agentes ultrapassariam a data limite estabelecida pela Resolução 07/2016, do Conselho Nacional de Política Energética. Pela resolução, acrescentou o comunicado, as ações como a realização de consulta pública, para efetiva adoção do preço horário no mercado em janeiro de 2019 e a aprovação da metodologia pela CPAMP, deveriam ser realizadas até o dia 31 de julho. Clique aqui para ler o comunicado do CPAMP na íntegra.