Complexo Solar de Apodi recebe novos transformadores

Equipamentos de 2,2 e 4,4 MVA foram entregues no começo do mês pela fabricante Romagnole, que quer se consolidar no mercado ligado às energias renováveis

O Complexo Solar de Apodi (CE), um dos maiores projetos de geração solar centralizada em execução no país, recebeu no começo deste mês 37 novos transformadores com potência de 2,2 e 4,4MVA. Os equipamentos foram entregues pela Romagnole, tradicional fabricante de produtos para o setor elétrico.

A usina, que pertence a consórcio de empresas nacionais e estrangeiras, está sendo instalada no município de Quixeré, região do Vale do Jaguaribe, no Ceará. Durante esta primeira fase, o complexo terá uma capacidade de geração de 162 MW, energia suficiente para abastecer 160 mil residências.

Todos os transformadores foram aprovados nos testes do controle de qualidade, que incluíram ensaios de curto-circuito realizados no laboratório do Centro de Pesquisa de Energia Elétrica no Rio de Janeiro.

De acordo com a empresa, o desenvolvimento e a fabricação desses equipamentos num curto espaço de tempo comprova a grande capacidade fabril, o elevado nível tecnológico e a qualificação da equipe técnica envolvida no processo.