Alupar capta R$ 1,75 bi para dois projetos de transmissão

Projetos foram vencidos pelo consórcio Olympus, em dois lotes onde a companhia detém 99% do capital de cada um

A Alupar concluiu as captações de recursos de longo prazo de suas controladas, Transmissora Paraíso de Energia (TPE) e Transmissora Caminho do Café (TCC) através de emissões de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, com garantia adicional fidejussória, para distribuição pública com esforços restritos, nos termos da ICVM 476.  No total foram R$ 1,75 bilhão, sendo R$ 1,07 bilhão para a primeira e R$ 680 milhões para a segunda subsidiária.
Ambas emissões possuem taxa NTNB28 mais 0,70% (IPCA mais 6,5333%, emissão em 15 de setembro de 2018 e vencimento em 10 anos. As transmissoras TPE e TCC são responsáveis pelo desenvolvimento, construção e operação dos lotes 2 e 6 da 2ª Etapa do leilão de transmissão nº 013/2015 realizado em outubro de 2016. O primeiro é formado por um complexo de linhas e subestações entre Bahia e Minas Gerais e o segundo, por linhas e subestações entre Minas Gerais e Espírito Santo. Ambos vencidos pela empresa como Consórcio Olympus, onde detém 99% do capital em cada um.