Fitch eleva rating da Cemig e subsidiárias

Perspectiva passou de estável para positiva

A agência de classificação de riscos Fitch Ratings elevou o rating de crédito da Cemig, bem como de suas subsidiárias integrais Cemig D e Cemig GT, de B para B+, na escala global, e de BBB-(bra) para A-(bra), na escala nacional. A perspectiva passou de estável para positiva. Ao mesmo tempo, os ratings das emissões de debêntures foram elevados de BBB-(bra) para A-(bra) e o rating da emissão de eurobonds foi aumentado de B para B+.

Ao longo de 2018, as principais agências internacionais de classificação de risco têm promovido sucessivas reavaliações do risco de crédito da Cemig e subsidiárias, refletindo expressiva evolução dos ratings, reconhecendo o êxito na implementação de medidas que resultaram na elevação da sua qualidade de crédito, com destaque para melhoria do perfil de liquidez, alienação de ativos, refinanciamento de dívidas, maior eficiência operacional e aumento de Lajida, corroborada por uma estratégia de gestão de passivos mais prudente.