Light reduz para mil número de clientes ainda sem energia devido ao temporal

Fortes chuvas e ventos de até 110 km/h deixaram mais de 100 mil clientes sem energia

A Light (RJ) reduziu para mil o número de consumidores sem energia devido ao forte temporal que assolou a cidade do Rio de Janeiro na última quarta-feira, 6 de fevereiro. No dia 7, 3% dos consumidores da distribuidora, o que dá um número de cerca de 130 mil unidades, tiveram o fornecimento interrompido devido aos ventos e chuvas. As Zona Oeste e Norte da cidade foram as mais afetadas, com muitas árvores derrubadas. Os ventos registaram a velocidade de 110 km/h.

No dia 9, a concessionária tinha dois mil profissionais em campo para restabelecer o fornecimento na cidade. No dia, tinham sido reconstruídos 12 quilômetros de rede elétrica, o equivalente a uma ponte Rio-Niterói. De acordo com a Light, seriam necessários de 7 a 10 dias para realizar esse trabalho e as suas equipes fizeram em 48 horas. Segundo a empresa, foram investidos no último ano cerca de R$ 260 milhões em melhorias na qualidade da distribuição de energia.

No morro do Vidigal, em que 1.200 clientes estavam sem energia no último domingo, agora há apenas cinco. Outras áreas que a distribuidora atuou nos últimos dias foram os bairros do alto da Boa Vista, São Conrado e Laranjeiras.