AES Tietê investe R$ 1,5 mi em startups de mobilidade elétrica e automação

Projetos integram o Programa de Aceleração de Startups, promovido pela geradora em parceria com a Liga Ventures

A AES Tietê anunciou nesta quarta-feira (7) que está investindo R$ 1,5 milhão em dois projetos de inovação selecionados por meio do Programa de Aceleração de Startups promovido pela empresa em parceria com a aceleradora Liga Ventures. A movE, que desenvolveu uma solução na área de mobilidade elétrica, e a Mitsidi Brain, que criou uma plataforma visando o diagnóstico automatizado para otimização do consumo de energia elétrica, foram as startups selecionadas na segunda chamada do programa. Cada uma receberá R$ 750 mil para investirem nos seus respectivos projetos.

No caso da movE, o objetivo é conectar condutores de veículos elétricos, donos de eletropostos e comercializadoras de energia, monetizando oportunidades do mercado de mobilidade elétrica. O projeto foi desenhado de acordo com o mapeamento de oportunidade de negócio junto a AES Tietê, sob mentoria de Aline Hayashida, Global C&I Customer Engagement. Ela acompanhou a estruturação do modelo de negócio e a definição dos objetivos a serem alcançados nos próximos anos. Segundo Cesare Pica, CEO da movE, o programa foi muito importante para amadurecer a proposta de solução.

No caso da Mitsidi Brain, o projeto contempla uma plataforma de diagnóstico automatizado para otimização energética de pequenos e médios consumidores, como alternativa à consultoria de eficiência energética. O trabalho contou com o apoio de Rogério Jorge, diretor de Relacionamento com o Cliente da AES Tietê. A expectativa é que a solução ganhe escala no mercado. “Imergir no programa de aceleração da AES Tietê tem sido uma experiência enriquecedora, trazendo a percepção de pontos sensíveis para o desenvolvimento do nosso projeto”, afirma Hamilton Ortiz, CEO da Mitsidi Brain.