Fitch afirma rating ‘AAA(bra)’ da Cteep com Perspectiva Estável

Avaliação é que a companhia irá fortalecer sua base de ativos com os investimentos em curso e que poderá desenvolver novos projetos mantendo alavancagem financeira líquida ajustada a um limite de 2,5 vezes

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra)’ da Cteep e de suas emissões de debêntures com Perspectiva Estável. A análise reflete a forte qualidade de crédito da empresa, decorrente do baixo risco de negócios do setor de transmissão de energia elétrica no Brasil, no qual atua com diversificada base de ativos, com previsível e robusta geração de fluxo de caixa das operações (CFFO) e margens elevadas.

Além disso, apenas uma das 19 concessões da companhia expiram antes de 2037, o que proporciona estabilidade a suas atividades. A avaliação também incorpora a expectativa da Fitch de que a empresa manterá sólido perfil financeiro, com baixa alavancagem financeira para o setor e forte posição de liquidez, apesar da projeção de que os elevados investimentos na construção de dez novos projetos e o alto volume de dividendos distribuídos possam tornar o fluxo de caixa livre (FCF) negativo de 2019 a 2021. O moderado risco regulatório do setor elétrico nacional também é considerado na análise, mas sem que este prejudique a classificação atual.

A Perspectiva Estável afirmada baseia-se na visão da agência de que a Cteep conseguirá fortalecer sua base de ativos com os investimentos em curso e que poderá desenvolver os novos projetos mantendo alavancagem financeira líquida ajustada limitada a 2,5 vezes. A agência entende que a empresa possui prazo para gerenciar a esperada redução significativa do EBITDA a partir de 2025, com o término do recebimento de receitas referentes à renovação antecipada de sua principal concessão. Para a Fitch, a entrada em operação dos novos projetos será importante para mitigar o efeito do fim desta receita temporária, ainda que não a compense integralmente.