Taesa obtém licenças de instalação para LT e subestações no Paraná

Companhia pode iniciar obras das SEs Londrina, Foz do Iguaçu, Guaíra e de linha de 600 km, orçadas em R$ 1,9 bilhão

A Taesa recebeu do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) as licenças de instalação que autorizam o início das obras para implementação das subestações de Londrina, Foz do Iguaçu e Guaíra, além da linha de transmissão Sarandi-Londrina, todos projetos da Interligação Elétrica Ivaí. O empreendimento foi licitado no leilão de transmissão nº 005/2016, realizado em abril de 2017, no qual a companhia participou em parceria com a Isa Cteep – cada uma com 50% de participação no negócio.

Segundo comunicado divulgado ao mercado e a imprensa, a LT terá extensão de 600 km em circuito duplo e irá perpassar boa parte do estado do Paraná. Juntamente com as três novas subestações, é estimado um investimento de aproximadamente R$ 1,9 bilhão, com RAP de R$ 294 milhões para o ciclo 2019-2020. O prazo estipulado pelo órgão regulador para energização da concessão é agosto de 2022.