Alsol fecha acordo para oferecer energia solar aos associados da FIEMG

Entre 2019 e 2021, a Alsol pretende investir R$ 300 milhões na construção de usinas solares no Estado de Minas Gerais

A Alsol Energias Renováveis, empresa do grupo Energisa para sistemas fotovoltaicos, firmou um acordo com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) para oferecer energia solar para às empresas filiadas à entidade. O modelo de negócio da Alsol consiste em investir, desenvolver e construir as usinas. Uma fração da energia produzida, por sua vez, é cedida para empresa participante do consórcio, sem que esta precise fazer investimentos em infraestrutura, apenas se beneficiando do desconto da conta de energia.

Utilizando o sistema de compensação de energia, a energia injetada na rede pela fazenda solar será descontada do consumo na fatura de energia do cliente, a partir da conversão em créditos de energia, que poderão ser utilizados por 60 meses, inclusive nos períodos de menor incidência solar e, consequentemente, de geração mais baixa. O convênio entre a FIEMG e a Alsol será assinado no dia 23 de outubro, no Minas Trend, evento da indústria da moda em Belo Horizonte. A Alsol terá um estande no local para apresentar o serviço e fechar negócio com as empresas interessadas.

“A Alsol é pioneira no Brasil em tecnologia de geração fotovoltaica, e esta solução garante às empresas uma economia que pode chegar a 26%, dependendo do ramo de atividade, do perfil de consumo e do plano contratado. Todos os empresários associados à FIEMG podem contratar o serviço, sejam clientes da Energisa ou da Cemig”, afirma o presidente da Alsol, Geraldo César Mota, ressaltando que o benefício pode resultar em um diferencial competitivo para as empresas mineiras.

Poderão participar do convênio clientes das classes comercial/industrial B3 (com tensão inferior a 2,3 kV) e industrial A4 verde (tensão de 2,3 a 25 kV, em que são aplicadas tarifas diferenciadas de consumo de energia de acordo com o horário de utilização e os períodos do ano e uma tarifa única de demanda de potência).

No modelo de negócio, a Alsol garante o desconto na conta de energia, mitigando o risco de o aluguel mensal ser maior do que a economia recebida. O percentual de desconto é fixo e se dá sobre a tarifa com impostos, desta forma o cliente só paga sobre o que receber de créditos de energia na fatura. Por este motivo, não é necessária a elaboração de balanços energéticos, apenas um contrato de locação. Outro diferencial é que os filiados podem se reunir em planos coletivos, viabilizando maiores descontos ao grupo e também maiores vantagens na renovação, que proporcionará condições de deságio ainda melhores ao longo do tempo.

Entre 2019 e 2021, a Alsol pretende investir R$ 300 milhões na construção de usinas solares no Estado de Minas Gerais. Desde 2012 a empresa já entregou mais de 500 projetos pelo Brasil (30 MWp em operação e outros 35 MWp sendo conectados em 2019).