Light vai repassar R$ 3,6 bilhões aos consumidores

Resultado de ação judicial, processo de devolução aguarda resposta da Aneel e deve ser definido em 2020

A Light, concessionária de energia do Rio de Janeiro, anunciou que vai repassar aos consumidores cerca de R$ 3,6 bilhões em razão de uma vitória judicial envolvendo uma discussão tributária sobre PIS/Cofins. Os tributos a recuperar são resultados de uma ação que soma um crédito de R$ 6,2 bilhões.

Parte desse valor foi reconhecido no resultado operacional e financeiro da Light, que levou a companhia a registrar um lucro líquido de R$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre de 2019. Contudo, de acordo com a presidente da companhia, Ana Marta Veloso, houve o entendimento de que parte desses créditos devem permanecer com os consumidores de energia.

“Os créditos dos últimos dez anos, que somam R$ 3,6 bilhões, no nosso entender, devem ser repassado para os consumidores. Estamos conversando com a Aneel para construir uma solução correta e equilibrada. Esperamos ter alguma resposta nesse sentido ao longo do primeiro semestre de 2020”, disse a executiva em teleconferência nesta quinta-feira, 14 de novembro.