Eólicas da Omega Geração poderão emitir debêntures

Companhia é uma das maiores geradoras e desenvolvedores de projetos de energia renovável do Brasil

O Ministério de Minas e Energia reconheceu três projetos da Ômega Geração como “prioritários”, o que significa que os empreendimentos poderão emitir debêntures de infraestrutura para captar financiamento via mercado de capitais. Foram enquadradas as usinas Delta 7 I (27 MW), Delta 7 II (35,1 MW) e Delta 8 (35,1 MW), todas localizadas no Maranhão, segundo a portaria n° 353, publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira, 10 de dezembro.  A companhia é uma das maiores geradoras e desenvolvedores de projetos de energia renovável do Brasil, com mais de 1 GW em capacidade instalada. As debêntures de infraestrutura são mais atrativas para os compradores, pois oferecem benefícios fiscais.