Eneva aprova emissão de R$ 650 mi em debêntures

Vencimento é de oito anos e recursos serão utilizados em Parque dos Gaviões (MA)

O conselho de administração da Eneva aprovou a realização da 3ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única, no valor de R$650 milhões. Cada papel terá valor nominal unitário de R$ 1 mil. O vencimento ocorrerá em oito anos contados da data de emissão.

Segundo fato relevante publicado pela empresa nesta quinta-feira 12 de dezembro, os recursos líquidos obtidos terão como destino ações relacionadas à execução do Projeto Parque dos Gaviões – Bacia do Parnaíba, que foi enquadrado pelo Ministério de Minas e Energia como prioritário, por meio da Portaria nº 327, de 21 de agosto de 2019.

As debêntures serão objeto de oferta pública de distribuição com esforços restritos, sob o regime de garantia firme de colocação, nos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários 476. Será adotado o procedimento de coleta de intenções de investimento dos potenciais investidores profissionais nas debêntures, de forma a definir, de comum acordo com a companhia, a taxa final a ser utilizada para apuração da remuneração desses papeis.