Subsidiária da Taesa capta R$ 575 milhões

Empreendimento é construído entre os estados de Minas Gerais e Bahia e compreende 542 km de linha e três subestações

A Janaúba Transmissora de Energia Elétrica, sociedade de propósito específico da Taesa, captou R$ 575 milhões, em sua segunda emissão de debêntures simples, segundo comunicado divulgado ao mercado. Os títulos têm remuneração de 4,8295% ao ano e vencimento em 15 de dezembro de 2044. Na primeira emissão, realizada em fevereiro deste ano, foram captados R$ 224 milhões, com vencimento em 15 de julho de 2033, remuneração de IPCA e 4,5% ao ano.
O sistema de transmissão Janaúba é construído entre os estados de Minas Gerais e Bahia e compreende 542 km de linha e três subestações, totalizando um investimento de R$ 960 milhões (Capex Aneel), para uma Receita Anual Permitida de R$ 194,1 milhões para o ciclo 2019-2020.
O prazo estipulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para energização de Janaúba é fevereiro de 2022.