Aumento de capital na Eletrobras soma R$ 7,47 bilhões

Estatal anunciou que vai distribuir R$ 1,25 bilhão em dividendos

A Eletrobras informou em comunicado ao mercado na última segunda-feira, 23 de dezembro, que o aumento de capital por meio de subscrição de ações resultou em R$ R$ 7.470.317.837,94 ou 75,4% do percentual planejado. O período de exercício do direito de preferência foi de 18 de novembro de 2019 a 17 de dezembro de 2019. O valor mínimo alcançado possibilita a homologação parcial do aumento de capital. Foram subscritas 192.793.827 ações ordinárias, pelo preço unitário de R$35,72 e 15.565.929 ações preferenciais classe “B”, pelo preço unitário de R$37,50. De acordo com a estatal, foram subscritas em exercício de sobras, 9.849.581 e 1.829.760 ações preferenciais classe “B”, pelos valores de R$35,72 e R$37,50 respectivamente. Os investidores que exerceram sobras no ambiente escritural deverão integralizá-las, somente em dinheiro, nos dias 26 e 27 de dezembro de 2019.

A empresa também anunciou que vai distribuir R$ 1,25 bilhão em dividendo para os acionistas, sendo R$ 368.867.920,00 os titulares de ações preferenciais A e B e R$ 881.132.080,00 serão distribuídos aos acionistas detentores de ações ordinárias. Os valores deverão ser pagos até o dia 31 de dezembro.