Sudeste e Nordeste concentram projetos para leilões de térmicas

No total, foram cadastrados 43,27 GW em capacidade instalada; EPE concluiu o cadastramento nesta semana

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) concluiu nesta semana o cadastramento de projetos para os leilões de energia existente A-4 e A-5, também conhecidos como leilões de térmicas. Ao todo foram cadastrados 87 empreendimentos, sendo 76 para participação no A-4 e 82 no A-5, totalizando mais de 43,27 GW de oferta.

Os leilões foram pensado para substituir térmicas caras e antigas por tecnologias mais eficientes. O objetivo é aproveitar o vencimento dos contratos de um conjunto de usinas para modernizar o parque termelétrico.

As regiões Sudeste e Nordeste concentram o maior volume de projetos nos dois leilões. As usinas a carvão mineral terão participação pequena, no melhor dos cenários com 2,1 GW. O restante dos projetos são movidos a gás natural.

Os leilões serão realizados um após o outro no dia 30 de abril. Os vencedores firmarão contratos de 15 anos de suprimento. No leilão A-4 foram cadastrados 76 projetos, com uma oferta de aproximadamente 36 GW de energia; para o leilão A-6 foram cadastrados 82 projetos, com aproximadamente 43 GW de oferta de energia.

Clique aqui para ver os detalhes dos projetos cadastrados.