Equatorial antecipa operação de LTs em 30 meses

Empreendimentos para o oeste paraense contaram com investimentos de R$ 860 milhões

A Equatorial Energia, por meio de sua subsidiária Equatorial Transmissora SPE 8, informou na noite da última quinta-feira, 17 de janeiro,  que iniciou a operação dos trechos das linhas de transmissão Altamira/Transamazônica e Transamazônica/Tapajós II e da Subestação Tapajós no último domingo (12). Com isso, a companhia conseguiu antecipar essa etapa em 30 meses ante o contrato firmado com a Agência Nacional de Energia Elétrica. O contrato de concessão da SPE foi assinado em 21 de julho de 2017.

A Equatorial ressalta que contribuiu para evitar a necessidade de investimentos públicos em geração termoelétrica na região oeste do Pará. Segundo a empresa esses projetos representam R$ 86,1 milhões em Receita Anual Permitida (RAP), o equivalente a 62,1% do total da SPE 08, que atualmente possui 85,1% de sua RAP já em estágio operacional, cerca de R$ 118 milhões.