Presidente da EDP no Brasil recebe medalha Ordem do Ipiranga

Miguel Setas foi reconhecido pelos serviços de relevância prestados pela companhia aos paulistas e ao estado

Miguel Setas, presidente da EDP, foi condecorado na última quarta-feira (29) com a medalha Ordem do Ipiranga, a mais elevada honraria concedida pelo Estado de São Paulo. A homenagem, que aconteceu em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, é destinada a cidadãos que prestaram serviços de excepcional relevância aos paulistas e ao estado.

A escolha Setas levou em consideração o trabalho da EDP em prol da cultura, arte e valorização da língua portuguesa. Maior investidora portuguesa no Brasil, a empresa foi a primeira a anunciar, em 2019, o patrocínio à restauração do Museu do Ipiranga. A companhia também é a principal patrocinadora da reconstrução do Museu da Língua Portuguesa. As duas obras têm investimento de R$ 32 milhões da companhia.

“Preservar e valorizar o patrimônio cultural brasileiro é uma das nossas prioridades estratégicas na EDP Brasil. Este reconhecimento é um estímulo ainda maior para continuarmos a contribuir para este desígnio estratégico. Acreditamos firmemente que só através do investimento na educação e cultura podemos construir uma sociedade melhor”, afirma.

Há mais de dez anos no país, o executivo português comanda a EDP Brasil desde 2014 e, integrando o conselho mundial do grupo EDP desde 2015.