Celesc estima economia de R$ 49 mi com plano de demissão

Ganhos deverão ser obtidos nos próximos cinco anos, o PDI em 2019 teve a adesão de 230 empregados, o equivalente a 3% da força de trabalho

A Celesc estima que o impacto do Plano de Demissão Incentivada proposto aos empregados da distribuidora do grupo, a Celesc-D,  alcançará 230 empregados a serem desligados, ou 3% do quadro efetivo atual. A provisão feita pela empresa no quarto trimestre do ano é de R$ 35,8 milhões e no consolidado de 2019 é de R$ 87,2 milhões. Segundo comunicado da empresa, a economia estimada será de R$ 48,8 milhões, para os próximos cinco anos.

De acordo com a empresa, no período de 2016 a 2019 já foram efetivados no Plano de Demissão Incentivada o desligamento de 639 empregados. A Celesc explicou que o programa faz parte da estratégia para adequação de seus custos operacionais, otimização dos processos e melhoria dos indicadores com vistas à agregação de valor aos acionistas.