ONS: carga deve subir 0,3% em fevereiro

Temperaturas amenas fazem carga recuar no SE. ENA do Sudeste deve chegar a 101% no fim do mês

A carga no Sistema Interligado Nacional deve aumentar 0,3% no mês de fevereiro, ficando em 72.165 MW. De acordo com o Sumário do da Programa Mensal de Operação do Operador Nacional do Sistema Elétrico, o submercado Sudeste deve ter recuo na carga de 0,4%, ficando em 41.902 MW. A maior alta deve ficar com o Sul, que vai subir 2,5%, com 13.073 MW. A carga do Nordeste vai crescer 0,5%, com 11.606 MW, enquanto a da região Norte ficará inalterada, registrando 5.584 MW. Na semana, a carga no Sudeste fica em 43.040 MW e no Sul chega a 13.108 MW. No Nordeste, o valor fica em 11.877 MW e no Norte vai ser de 5.544 MW.

Fonte: ONS

Segundo o ONS, há uma sinalização que o ano de 2020 se inicia com expectativa de melhoria na economia brasileira, sinalizando que o cenário de recuperação gradual persiste. No Sudeste, a atuação de uma massa de ar frio durante a segunda semana operativa de fevereiro provocou a ocorrência de temperaturas amenas, atípicas para essa época do ano, que associadas as chuvas do período, contribuiu para o recuo da carga. Já no Sul, a expectativa de retomada e os efeitos provocados na carga pelo feriado de Carnaval em fevereiro justificam o crescimento previsto de 2,5% no subsistema Sul.

A Energia Natural Afluente prevista no Sudeste deve ficar em 71.325 MW med no fim do mês, equivalente a 101% da média de longo termo. No Sul, os 2.593 MW med de ENA são 31% da MLT, enquanto no Nordeste, a ENA de 12.427 MW med corresponde a 86% da MLT. No Norte, a ENA chega a 17.006 MW med, que é 75% da média.

A próxima semana indica que o avanço de duas frentes frias pelo Sul e pelos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro ocasiona chuva fraca nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai, Iguaçu, Paranapanema, Tietê, Grande, no trecho montante a UHE Três Marias e em pontos isolados do Paranaíba. No mês, a previsão indica ocorrência de afluências acima da média para o subsistema Sudeste e abaixo da média histórica para o subsistema Sul. A média semanal do Custo Marginal de Operação vai ficar em R$ 141,62/ MWh no Sudeste/ Centro-Oeste, R$ 163,64/ MWh no Sul, R$141,62 no Nordeste e R$ 132,63 no Norte.