Lucro da WEG sobe 20% em 2019 e chega a R$ 1,61 bilhão

No quarto trimestre, lucro de R$ 500,4 milhões mostra aumento de 49,3% no período

A WEG  encerrou o ano de 2019 com lucro líquido de R$ 1,61 bilhão, aumentando o valor em 20% na comparação com R$ 1,33 bilhão de 2018. A empresa, que divulgou seus resultados financeiros nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, viu sua receita líquida de vendas subir 11,5% em 2019, ficando em R$ 13,3 bilhões. O Ebitda da fabricante de equipamentos saiu de R$ 1,82 bilhão em 2018 para R$ 2,24 bilhões, aumentando em 23,1%.

No quarto trimestre, o lucro ficou em R$ 500,4 milhões, 49,3% acima do alcançado no mesmo período do ano passado. A receita líquida de vendas cresceu 20,9%, indo para R$ 3,77 bilhões. O Ebitda no trimestre registrou um aumento de 36,1%, ficando em R$ 666,4 milhões.

De acordo com a empresa, os negócios da WEG apresentaram bom desempenho, mesmo em um cenário de baixa dinâmica da economia brasileira. Os equipamentos eletroeletrônicos industriais de ciclo curto e os equipamentos de ciclo longo ligados à área de geração, transmissão e distribuição de energia  foram importantes para o crescimento.

Os negócios de geração solar distribuída e transmissão & distribuição tiveram evolução em relação aos trimestres anteriores. Os negócios da geração eólica tiveram menor participação em 2019 na comparação com o ano anterior. A possibilidade de alteração nas regras da GD trouxe uma antecipação de pedidos. Os negócios advindos dos leilões de transmissão também se destacaram no resultado da WEG.

No mercado externo, as operações com os motores elétricos na Índia e EUA tiveram boa performance, assim como as operações de Transmissão &Distribuição nos EUA e México continuam apresentando o resultado das sinergias esperadas e uma entrada de pedidos importantes para transformadores de usinas renováveis nos EUA e no México.