CCEE: Fator de ajuste do MRE para repactuação chega em 102,1% em março

Em fevereiro, percentual para repactuação ficou em 34,3%

O fator de ajuste do MRE para repactuação em março deste ano deve ficar em 102,1%. O dado foi divulgado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica na reunião do InfoPLD realizada nesta segunda-feira, 2 de março, e mostra cerca de 2% de geração secundária dado um perfil flat de garantia física. Já a expectativa do fator ajuste do MRE simples para o mês fica em 132,6%, mostrando alta. Em fevereiro, o ajuste do MRE ficou em 103,2% e para repactuação, em 94,3%.

A carga do Sistema Interligado Nacional em fevereiro deste ano ficou em 1.874 MW med, abaixo do previsto pelo Programa Mensal da Operação de fevereiro. O PLD médio no Sudeste/ Centro-Oeste em fevereiro ficou em R$ 154,44/ MWh. No Sul, ele chegou a R$ 175,16/ MWh e no Nordeste, a R$ 149,80/ MWh. Na região Norte o preço em fevereiro chegou a R$ 125,84/ MWh.

As previsões também indicam que a Energia Natural Afluente em março deve ficar em 117%, acima da registrada em fevereiro, de 105%. No Sul, o valor também sobe de 35% para 69% em março, enquanto no Norte ela salta de 75% para 84%. Na região Nordeste, ela deve manter em março o percentual de 80% alcançado em março.

Por problemas operacionais na confecção dos decks, a CCEE não apresentou a projeção do PLD, prometendo disponibilizá-la ainda esta semana.