Voltalia viabiliza 270 MW solares no RN

Acordo com a Braskem foi o último que a geradora fechou para iniciar a construção de sua maior usina fotovoltaica, Serra do Mel 1 e 2

A Voltalia assinou um acordo com a petroquímica Braskem para o fornecimento de energia no mercado livre. Com isso, a geradora conseguiu acordo de longo prazo que viabilizará a sua maior usina solar, Serra do Mel 1 e 2 que somarão 270 MW de potência instalada. O projeto está localizado no Rio Grande do Norte, foram viabilizados por meio de dois contratos em leilões da Aneel de 32 MW. Adicionalmente, a companhia assegurou outros 238 MW de acordo com diversos clientes, incluindo a petroquímica e a Copel.
As obras dos ativos de geração deverão ser iniciadas no segundo semestre de 2020 e a perspectiva é de que o comissionamento aconteça na primeira metade de 2022. Serra do Mel 1 e 2 faz parte do cluster de Serra Branca que tem além da fonte solar, a eólica.
De acordo com comunicado da geradora, a Braskem é uma empresa que está ampliando sua parcela de energia renovável em seu mix global de contratação. O acordo fechado tem duração de 20 anos. Os demais acordos para o projeto possuem duração que variam entre 10 e 20 anos. Após isso, o plano é de negociar a energia dos parques tanto no longo quanto no curto prazo.