Isa Cteep apresenta projeto de LTs para a Serra Gaúcha

Companhia pode antecipar cronograma das obras orçadas em R$ 700 milhões, aguardando as decisões da Sema e Fepam

A concessionária de energia Isa Cteep – vencedora do leilão 02/2019 – apresentou à Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) o projeto Minuano, um investimento de R$ 700 milhões para construção de linhas de transmissão (LTs) na Serra Gaúcha e da nova subestação Caxias Norte, além do seccionamento de outras quatro linhas já existentes no Estado, com a construção de 275 torres para 117 Km de rede.

A estrutura beneficiará o sistema elétrico do Rio Grande do Sul e concentrará as atividades nas cidades de Caxias do Sul, Flores da Cunha, Nova Roma do Sul, Pinto Bandeira, Farroupilha, Bento Gonçalves e Veranópolis. A previsão da empresa é que a iniciativa possibilite a criação de 400 vagas de empregos diretos e 1,5 mil indiretos.

Com sede em São Paulo, a companhia deve assinar o contrato com a Aneel no dia 20 de março. Após a formalização, se dará o pedido de licença na Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). A ideia inicial é que os trabalhos iniciem no primeiro trimestre de 2021, com término previsto para o primeiro trimestre de 2023, porém há a possibilidade de antecipação.

A apresentação da transmissora foi feita para o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, o secretário adjunto, Paulo Roberto Dias Pereira, e a presidente da Fepam, Marjorie Kauffmann, além de representantes da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul.

Projetos estruturantes na área de energia elétrica são tratados como prioridade pela Sema, que trabalha de forma conjunta com o órgão licenciador e empreendedores. Periodicamente, os gestores da secretaria se reúnem com representantes das companhias responsáveis pela execução das obras. Essas reuniões visam acompanhar o andamento das licenças e a execução do plano de trabalho de cada projeto, adiantando resultados.

Segundo o secretário Artur Lemos, a Isa Cteep seguirá o mesmo modelo dos projetos estruturantes que já estão em desenvolvimento no estado. “A empresa solicitará a antecipação e nós faremos o possível para que os calendários de execução se aproximem. Obras e empresas como essa garantem qualidade energética para o Estado e é do nosso interesse que toda população se beneficie o quanto antes com esse investimento”, acrescenta.

Para o diretor do projeto, Dirceu Bueno de Camargo, o modo de operar entre a Sema e a Fepam é muito efetivo. “Fomos muito bem recebidos pelos órgãos competentes. Realizamos uma reunião técnica e institucional e, nesses eventos, foram esclarecidas as dúvidas iniciais de ambas as partes, e os órgãos responsáveis se mostraram disponíveis e acessíveis para o andamento do projeto”, destaca.

A Isa Cteep poderá ser a sexta empresa de energia a anunciar a antecipação das obras em relação ao prazo fixado pela Aneel no edital do leilão. As outras cinco empresas que já confirmaram a entrega antecipada em mais de 20 meses são a Neoenergia, Chimarrão, CPFL, Pampa e Taesa. Nesse grupo, o investimento em obras é de R$ 5,4 bilhões, resultando na implantação de 25 LTs, totalizando 2.951 quilômetros de extensão, e de dez subestações transformadoras.