Volume volta a cair no Sul e reservatórios operam a 17%

Todas outras regiões do país tiveram crescimento nos níveis, com destaque para variação de 0,3% no Nordeste, que passou a marca de 80% de capacidade

Os reservatórios do Sul foram os únicos no país a apresentar queda no volume útil em relação ao dia anterior, afirma o boletim diário do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) da última quinta-feira, 2 de abril. No caso, a redução de 0,5% deixou o submercado com 17,1%. A energia afluente admite 9% da MLT, enquanto a armazenada indica 3.401 MW. As UHEs G.B Munhoz e Passo Fundo funcionam respectivamente com 20,37% e 28,48%.

Na região Nordeste, a vazão cresceu 0,3%, atingindo 80,1%. A energia da MLT aparece com 124% e a armazenada aponta 41.324 MW mês para o submercado. A hidrelétrica de Sobradinho funciona a 75,29%. No Norte, os níveis subiram 0,1%, ficando em 72,1%. A energia contida afere 10.933 MW e a armazenável foi para 67% da MLT. A usina de Tucuruí opera com 95,37% de sua capacidade.

No Sudeste/Centro-Oeste do país a capacidade de armazenamento registrou elevação de 0,2%, indo para 51,8%. A energia contida no subsistema indica 104.895 MW mês e a afluente está em 92% da MLT. Furnas registra 59,16% e a hidrelétrica de São Simão opera a 90,66%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.