Voltalia assina com Nordex contrato para 59 MW em cluster no RN

Turbinas de eólica do projeto Serra Branca deve começar operação em 2021

A Voltalia assinou com a Nordex Acciona contrato para o fornecimento de 17 turbinas que vão abastecer 59 MW do cluster de Serra Branca. De acordo  com Sébastien Clerc, CEO da Voltalia, esses aerogeradores deverão começar a operar no primeiro semestre de 2021. A Nordex já forneceu para a Voltalia 284 MW para esse mesmo cluster e outros 108 MW para o de São Miguel do Gostoso. Segundo ele, isso permite economias de escalas extras, além das provenientes da infraestrutura de transmissão que ela construiu em setembro de 2019.

O modelo escolhido foi o AW132 / 3465, montado no Brasil. As turbinas têm uma potência nominal de 3,46 MW cada e os rotores ficarão 120 metros acima do solo. O executivo revela que o projeto vai ser o maior cluster solar e eólico do mundo, com 2,4 GW. O projeto VSM 4 está no cluster Serra Branca da Voltalia, um local de aproximadamente 40 mil hectares. Atualmente, o local inclui 413 MW de plantas operacionais, 883 MW de plantas em construção e 329 MW de capacidade ainda não construída , mas que já tem contratos de longo prazo de venda de energia garantidos, além de mais de 700 MW de projetos em desenvolvimento.

As máquinas deveriam começar a operar em dezembro de 2022, mas como a maioria dos projetos da empresa no Brasil,  a construção será antecipada e o parque eólico VSM 4 deve começar a geração de energia no primeiro semestre de 2021. Nessa janela de antecipação, a energia deve ser negociada no mercado livre de energia.

(Nota da Redação: matéria alterada às 12:30 horas do dia 14 de maio de 2020 para atualização de prazos feita pela empresa após a publicação)