Light tem lucro de R$ 167 milhões no primeiro trimestre

Ebitda de R$ 466 milhões mostra recuo de 19% no período

A Light (RJ) registrou lucro de R$ 167 milhões no primeiro trimestre do ano, melhorando o resultado em 1,5% em relação ao mesmo período do ano passado. A empresa, que divulgou na última quinta-feira, 7 de maio, os seus resultados financeiros, teve receita operacional líquida de R$ 2,89 bilhões, valor 8,9% menor que os R$ 3,17 bilhões do primeiro trimestre de 2019. O Ebitda ajustado da Light recuou 19% neste trimestre, ficando em R$ 466 milhões.

Os investimentos no trimestre subiram 11,2%, chegando a R$ 182 milhões. De acordo com a empresa, o destaque foi o lucro de R$ R$ 62 milhões da distribuidora frente a um prejuízo de R$ 25 milhões no ano passado, devido ao melhor resultado financeiro no período decorrente do ganho com a marcação a mercado das operações de swap de dívida.

Já o Ebitda de R$ 466 milhões é explicado pelos resultados da Geradora em função do GSF, que foi muito menos favorável no primeiro trimestre do ano e fez com que se registrasse uma menor venda de energia excedente no trimestre.

A relação dívida líquida / Ebitda está em 3,06 vezes, mais do que o último índice de 2,98 vezes registrado no quarto trimestre do ano passado e abaixo do limite de 3,75 vezes. Esse valor é estabelecido como covenant na maioria dos contratos de dívida. A dívida líquida no final de março deste ano ficou em R$6,721 bilhões.