Weg reduz salário e jornada de trabalhadores em quatro fábricas no Brasil

Medida afeta cerca de 12 mil colaboradores da multinacional em Santa Catarina e Espírito Santo

A fabricante catarinense WEG anunciou nessa segunda-feira, 18 de maio, a redução em 25% da jornada de trabalho e salários de seus colaboradores na Unidade Motores de Itajaí e Jaraguá do Sul, incluindo todos profissionais administrativos das áreas corporativas. Em comunicado ao mercado, a multinacional, que possui operações fabris em 12 países, disse que a medida vale para os meses de junho a agosto e que vem sentindo os impactos da pandemia em seus negócios, sobretudo para os produtos de ciclo curto de produção.

No Brasil, a companhia já opera desde o início de maio com redução de jornada de 25% na unidade de Tintas e Vernizes, em Guaramirim (SC), e de 50% na unidade de Motores Comerciais e Appliance, em Linhares (ES). No total, estão envolvidos, até este momento, aproximadamente 12 mil colaboradores nos processos. A decisão da empresa é amparada pela Medida Provisória nº 936, de 1º de abril de 2020, editada pelo governo federal e que institui o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda e dispõe sobre medidas trabalhistas complementares para enfrentamento do estado de calamidade pública.