Aneel restabelece operação da 16ª unidade da UTE Pernambuco III

Agência também liberou funcionamento de térmica no Amazonas e testes de UTE em Minas Gerais e eólica no Rio Grande do Norte

A superintendência adjunta de fiscalização dos serviços de geração da Aneel decidiu restabelecer, a partir desta terça-feira, 19 de maio, a operação comercial da unidade geradora nº 16 da central termelétrica Pernambuco III, de 8,7 MW de potência instalada no município de Igarassu (PE). A UTE possui no total 200,8 MW de capacidade. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União, por meio do despacho 1.390.

A unidade em questão estava desativada desde 26 de dezembro do ano passado, por atribuição conferida pela Resolução Normativa nº 583 da Agência, de 22 de outubro de 2013, que estabelece os procedimentos e condições para obtenção e manutenção da situação operacional e definição de potência instalada e líquida de empreendimentos de geração de energia elétrica.

O órgão regulador também aprovou a operação comercial da térmica Novo Airão-COE, envolvendo 18 unidades geradoras, totalizando 10,2 MW de potência em Novo Airão (AM). A usina pertence à companhia Oliveira Energia.

Já para testes, a Aneel liberou duas unidades da UTE Energética Tupaciguara, somando 35 MW no município de Tupaciguara (MG), e de dois aerogeradores da eólica Vila Piauí III, num total de 8,4 MW de capacidade em Serra do Mel (RN).